Últimas Notícias

PROPAGANDA

PROPAGANDA

#Lendas - A Lenda da Mulher Misteriosa do Cemitério São Lázaro

20/11/2015, sexta-feira

Arte: Carlos Gossel

Por ser uma cidade fronteiriça, Tabatinga reúne pessoas de três países – Brasil, Peru e Colômbia – e esse intercâmbio cultural acontece até mesmo nas festas.

Por esse motivo, muitas famílias costumam vir morar aqui em busca de melhores condições de vida. Foi o que aconteceu com certa família que veio de Iquitos, Peru, para estabelecer-se em tabatinga. Era constituída de pai, mãe e um filho maior. Para conhecer o ambiente noturno da cidade, o rapaz foi frequentar uma das noitadas na Scândalo´s Dance, uma das mais famosas danceterias da cidade. Na pistga de dança onde o agito era total apareceu uma belíssima, irradiando alegria. Quando a viu, encantou-se com sua beleza.

Aproximou-se dela, convidou-a para dançar, e assim se divertiram por várias horas. Em dado momento, o rapaz percebeu que a moça estava bastante suada. Deu-lhe o lenço para enxugar o rosto.

Por volta da meia-noite, ela avisou que estava na hora de voltar. Pediu que o jovem a acompanhasse até a casa dela. Chegando lá, despediu-se dele, mas insistiu que a procurasse no dia seguinte, para saírem novamente.

No outro dia, não conseguindo esquecê-la, foi à sua procura. Ao chegar naca onde ele a tinha deixado na noite anterior, bateu à porta. Quem o atendeu foi a mãe da moça.

Perguntou pela jovem. E a mãe, assustada com o que tinha ouvido, mandou que o rapaz entrasse. Ao entrar, viu em cima da mesa da sala a foto da jovem com quem havia dançado na noite anterior e falou em voz alta:

- É ela, a moça que estou procurando. Onde está?

Imediatamente, a mãe retrucou que era inacreditável que fosse ela que tivesse dançado com ele, pois já havia morrido há vários anos. O rapaz ficou desesperado e não acreditava quer a moça estava realmente morta.

Então a mãe levou-o até o Cemitério São Lázaro, para mostrar-lhe a sepultura. No túmulo havia a mesma foto que ele tinha visto na casa dela, e, para sua surpresa, encontrou o lenço que lhe dera para enxugar o suor dependurado na cruz.

Diante desse fato, o rapaz ficou profundamente impressionado e transtornado, o que levou a família a mudar-se imediatamente para Manaus.

Texto retirado do livro Tabatinga e suas Lendas, 2011, de Maria Auxiliadora Coelho Pinto e Cleuter Tenazor Tananta

Seja o primeiro a comentar

Nenhum comentário:

Postar um comentário